Profissão de farmacêutico em alta na Paraíba

E-mail Imprimir PDF


Para quem procura se qualificar em uma área com um mercado em ascensão e com demanda de profissionais, o curso superior em Farmácia pode ser uma boa aposta. Isso porque nos estabelecimentos que mais abarcam os farmacêuticos, as farmácias e drogarias, sobram vagas – sobretudo no interior da Paraíba.

Haveria cerca de mil farmácias em todo o Estado e uma demanda de 4.095 profissionais nesse campo.

Conforme estimativa do presidente em exercício do Sindicato do Comércio Varejista e de Produtos Farmacêuticos de João Pessoa (Sind- farma-JP), Geniezer Pereira, haveria cerca de mil farmácias em todo o Estado e uma demanda de 4.095 profissionais nesse campo. No entanto, apenas 1.858 atuariam no ramo - o que ocasionaria a sobra de oportunidades.


Uma lei federal de 1973 (a de número 5.991) obriga a presença de pelo menos um farmacêutico durante todo o horário de funcionamento da farmácia. "Não existem profissionais suficientes para atender à demanda, principalmente nas cidades do interior", comentou Geniezer, ao acrescentar que dos cerca de mil estabelecimentos do ramo, 900 devem ser de micro e pequeno porte.

"Estes são responsáveis por aproximadamente 40% do faturamento total dos estabelecimentos do ramo e a necessidade de profissionais farmacêuticos é latente pela grande quantidade de estabelecimentos – que estão em todos os municípios paraibanos e nas periferias dos grandes centros", detalhou Geniezer.

Fonte: Guia da Farmácia


Acesso ao Site

Informações

Formas de Pagamento

Redes Sociais